Laraiana :)
Like this post

É claro que o dia a dia traz atritos. Traz desgaste. Traz chatice. Traz incomodação. Ei, ontem fui eu que limpei o xixi da cachorra, hoje é a sua vez. Ei, coloca a toalha para lavar. Tem que comprar mais pão. Pagou a conta de luz? Poxa, eu já pedi pra não fazer barulho enquanto eu tô trabalhando. Por favor, cuidado, não bate a porta. Essas coisas são pequenas perto do todo. Perto do amor de verdade. Perto do alívio que a gente sente ao deitar e pensar meu Deus, eu achei o amor da minha vida.

Clarissa Corrêa. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

Você nunca vai ser feliz se não se permitir. Desapegue. Desocupe lugares. Incinere o velho para abraçar o novo. O passado só existe em fotografias, as pessoas mudam, o coração cicatriza. Aquele que se recusa à mudar, se recusa a ser feliz. Mude o cabelo, as roupas, o quarto, as unhas. Só não se esqueça de estar em constante transformação. Só é feliz aquele que aceita as mudanças com um sorriso no rosto.

Recontador.  (via poetaciumenta)

Eles são um casal diferente. Ela fala A e Ele entende Z. Ele diz que prefere loiras, mas Ela é morena. Ela prefere altos, mas Ele tem a mesma altura que Ela. Ele gosta de coca-cola e Ela de açaí. Ela ama brigadeiro e Ele ama pizza. Eles brigam, brigam muito, porém quando voltam é rindo um da cara do outro e falam o velho clichê “Eu não sei viver sem você” e assim fazem amor ainda brigando por quem fica no comando, mas ainda assim não deixa de ser amor. Eles são aquele velho casal do século XX que teima em dá certo.

Nevarias. (via troverai)